O fundo do Poço

12 de Junho de 2009 at 1:11 (Reminiscências de um Louco)

Finalmente apercebi-me de uma coisa importante: Portugal é o fundo do poço, e já o é desde há muito tempo, senão desde o inicio, quando ainda éramos governados pelos homens em armadura forjada que só se importavam em pelejar contra os Mouros (embora que, sem eles, os Portugueses ficariam sem a rega, sistemas de armazenamento de água, escolas públicas, enfim, tudo o que definiu a nossa civilização apanhamos deles, com uma mistura dos romanos dados como desaparecidos há muito, e que renasceram lentamente, nas nossas encostas).

O que quero dizer com esta frase tão pessimista? Portugal é o local onde, de uma forma ou outra, convergiu toda a cultura europeia, que se desenvolveu e se entrelaçou com a nossa própria cultura de uma forma maravilhosa. E isto deveu-se sempre aos inúmeros génios que, existindo nestas costas orgulhosamente Lusitanas, nunca foram verdadeiramente aproveitadas, razão porque os nossos cérebros mais inteligentes estão a migrar (se alguém me voltasse a pedir para fazer um teste de intelecto, ia à Internet e tirava as respostas certas de lá; o teste mede intelecto, não o que podemos fazer só com a nossa cabeça).

Apercebi-me disto ontem à noite, Dia de Portugal e, fiquei eu a saber, Dia de Camões. Camões é o exemplo ideal: segurando os Lusíadas nos braços enquanto nadava, por mares nunca antes navegados, para salvar uma obra que só em épocas futuras teria o seu devido reconhecimento. Camões morreu pobre, enterrado numa vala comum e, não ás mãos do Reino, nem do Clero (que não queria saber dele para nada), mas sim de um dos seus amigos, é que ele está enterrado nos Jerónimos.

Também, de uma forma ou outra, se passa o mesmo com todos os demais génios que por nós passaram.

Uma coisa que tenho estado a prestar atenção são as pessoas que visitam o meu blogue: além dos habituais acervos de curiosidade repentina e das pesquisas que dão azo a resultados inesperados, há também a bela participação de alguns dos meus colegas que provavelmente devem ser dos poucos que sabem que eu tenho agora um blogue (ou que se preocuparam em avisar que sabem, qualquer um dos dois serve). Este pseudo-trabalho, trabalho porque demora algum tempo a preparar um blogue decente (isto é,……), pseudo por causa das inúmeras razões que, tendo anteriormente dado, não definem este blogue como normal, ou como blogue de todo, está-se a tornar deveras interessante: o potencial bruto daquilo que só existe na placa metálica de um disco lembra-me o vago esforço que fizemos com as Voyagers de mandarmos uma série de placas de ouro a mostrar a todos e quaisquer visitantes como, quem e o que somos, também onde estamos e afins.

Enfim, o tempo tem carácter ambidextro (se tivesse mãos, isto é). Tanto trabalha connosco como contra nós. Exemplo mais visível é a preparação e a execução dos Exames, embora que, de uma certa forma isto se aplique a todo e qualquer caso da vida, até à morte. Cientistas já provaram que no nosso cérebro existe um par (vários milhões) de neurónios que controla tanto a nossa percepção temporal como o efeito do tempo. Em teoria, podemos ver tudo a passo de caracol e viver mais de mil anos, se os conseguíssemos controlar.

Uma conclusão breve: a capacidade de correctamente escrever um texto diminui tanto com a quantidade de texto que se escreve de uma só assentada como o estádo psicológico do autor, que, tendo acordado oficialmente ao meio-dia e se vai deitar às 2 da manhã, não consegue arranjar mais razões para por neste post. Acabo por criticar o corrector ortográfico do Firefox, que parece misturar uma delicia de correcção com uma doênça de “esqueco-me que estou ligado”. De qualquer maneira, muito menos erros.

Anúncios

2 comentários

  1. Tiago said,

    Mesmo assim passou-te um ao lado: “doênça” não tem acento circunflexo no “e”. 😛

    • reichardkaigun said,

      A grande quantidade de comentários que dei ao corrector ortográfico do Firefox foram dadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: