Inicio das Férias (parte 1)

21 de Julho de 2009 at 17:37 (Reminiscências de um Louco)

Em primeiro lugar, já que se começa sempre do primeiro paragrafo para depois ir ao segundo e ao terceiro e ao quarto e por ai fora, quero justificar a falta de posts nestas duas semanas (se foi um inconveniente a alguém, isso já não sei).

Em segundo, quero-vos revelar uma coisa mesmo muito interessante que é um dos jogos mais jogados do Mundo, que é, como obviamente percepcionariam dos posts anteriores, o World of Warcraft.

Em terceiro, boa pergunta, o que por em terceiro lugar…… ah pois, arranjei uma Theme Song. Sei que é cópia de uma que há, mas tenho a Banda de Garagem que reside na Maçã a arranjar (também tenho de arranjar a maçã, pena que elas custem 999 €, não se justifica pagar tanto por uma maçã que já foi trincada).

Bem, então falemos, relatemos, conduziremos esta grande panóplia (composta obrigatoriamente por letras, espaços, pontos, lápis e papel, uma armadura de qualquer escritor) ao grande estilo do louco que, felizmente, ainda se quer revelar diante da esfera toroidal que criou.

Os Exames finalmente acabaram. E desta vez não há mesmo volta a dar, acabaram para todo o sempre. A 2ª fase terminou num estouro de diminuta intensidade, muito por causa do facto que só tive de fazer um único exame, o de Geometria Descritiva. Como já leram vezes e vezes sem conta as experiências relembradas do que me aconteceu nos exames prévios, também me poupo aqui e digo, infelizmente, o essencial para que o ar armazenado numa bolha de sabão que paira por todos nós se liberte e espalhe a fragrância do dia. O exame foi relativamente simples, relativamente porque tive, eu e mais 2 queridos e caros colegas, um deles já ocultado neste blogue, senão os dois, embora que o 2º seja apenas referido como um chato ou como um grande rival ou até um grandessíssimo colega (cheguei a prometer a mim próprio que iria fazer um post com o nome de “O Maravilhoso Mundo de João Silvestre” unicamente para suscitar o interesse nas artes perdidas, agora reavivadas, da escrita lunática, que de jus faz muito ás qualidades dos mochos que conjuram os raios ardentes da Lua incógnita para destruírem os seus inimigos) uma educação baseada nos claros e concisos cursos de Ciências e Tecnologias, cursos que probabilisticamente não seguem o modelo do Retorno ao Meio e seguem simplesmente uma linha sinusoidal que tem como contradomínio [19;20].

Tudo isto para dizer que como somos de Tecnologias, somos tendenciais a ter 20 e 19, enquanto que os de Artes variam num espectro maior, no entanto negativista. Outra vez a Teoria da Probabilidade Caótica Universal se aplica a casos destes. Voltando ao dito exame, eram quatro perguntas simples, embora que de tempo gastassem 30 minutos, á excepção das intersecções que demoraram 10 dos meus minutos a realizar e o da pirâmide com base contida num plano obliquo, que demorou uns 40 minutos a fazer. Como sempre, aproveito o tempo de tolerância para a revisão dos exercícios e para o preenchimento dos cabeçalhos.

Bem, agora o que aconteceria seria outra explosão de fúria e ansiedade libertada em saraivadas explosivas. No entanto, e até para minha surpresa, nada disso aconteceu. Pude sair da sala de mente limpa e liberta e também pude sair de lá com a companhia dos meus dois caros colegas João e Catarina. Tivemos o que poderia dizer de uma conversa civilizada no percurso da sala até á estação do MST na Praça S. João Baptista (se me perguntarem, também existem muitos Joãos neste mundo, está na altura de começar a tratar deles). Despedi-me deles e prossegui o meu caminho.

Alem da grande quantidade de estudo que fiz durante a semana que precedia o exame de Geometria (que deveras foi uma ninharia comparada com o quanto eu estudei durante o tempo que precedeu o Exame de Português, por aborrecimento e pasmaceira total, Geometria e Matemática suscitaram-me maior atenção), um grande vicio que se chama World of Warcraft preveniu-me de escrever alguma coisa interessante neste blogue.

Também há que ver que finalmente estamos de férias, e que posso descansar de algumas rotinas.

Estar de férias tem os seus inconvenientes, o maior do qual é já não ter nada que falar, já que ficamos encurralados num espaço cúbico que normalmente se designa de casa. A perda da escola e do secundário, embora extremamente benéfica para o nosso futuro como mestres da luz, também traz (ou tira, depende do modo  como vemos isto) uma grande quantidade de informação que aqui podia estar escrita ou até imagi-nada, agora que me dediquei ao Photoshop como alternativa á escrita.

Outro dos inconvenientes é simplesmente o aumento e diminuição de interesses. Neste caso refiro o vicio do WoW: é um jogo que, mesmo bugado, nunca para de ser interessante, talvez devido á sua componente social, talvez devido aos Achievements que agora a Blizzard introduziu numa cópia ou invenção genial da Xbox ou até devido á grande diversidade de coisas que se podem fazer; Raids, Battlegrounds, Arenas, até ajudar players mais fracos tem o seu prazer. Também tudo isto é ligeiramente atenuado pela razão de estar a tentar sempre melhorar-me como jogador, como muitos sabem, a procura tem como combustível o tempo.

De facto, tenho gasto tanto tempo no jogo que perdi ligeiramente o meu interesse na Manga e no Anime, embora que ainda seja um fanático do One Piece. Mas o tempo que podia estar a fazer coisas como estas e os manifestos tão prometidos mas ainda nenhum entregue está a ser usado no WoW. Houve dias em que queria um Recordador, mas isso é para outro post (talvez para a 9ª parte deste post)

Antes que se assustem e achem que isto é como o duo dos Amores, prefiro simplesmente dividir o Inicio em partes que vou experiênciando e depois escrevendo.

Então deixo-vos com a minha theme song, adequada á minha pessoa mas que, por não ter meios, não consegue fazer uma original:

[clearspring_widget title=”Grooveshark Widget: Chameleon” wid=”48f3ef6c29317865″ pid=”4a65ef7fe8b323e6″ width=”400″ height=”300″ domain=”widgets.clearspring.com”]

Boas Férias a todos os que lêem este blogue. Aos que não lêem, pena.

Anúncios

1 Comentário

  1. Tiago said,

    “Man, hyperspace always looks so freaky” 😛
    O teu blog ressoa cada vez mais a diário. Por isso é que twittas pouco: fazes aqui o resumo xD

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: