Sobre mim, o louco e o urso

Bem, após estes inúmeros posts acho que quem quer que tenha lido e continue a ler este post precise de uma introdução formal ás criaturas que o compõem.

Bem, este sou eu:

Eu, se fosse um desenho de Anime

Eu, se fosse um personagem de Anime

Ou melhor, quem eu seria se, como a legenda diz, fosse uma personagem de Anime (neste caso seria Gendo Ikari, do Neon Genesis Evangelion).

A razão porque não deixo aqui uma fotografia minha é das mais simples: porque não se deve fazer. Ou melhor: agora ninguém se importa, já que a existência do Hi5 e de outras redes sociais tornam essa necessidade obsoleta. Talvez me esteja a fingir tímido, talvez seja o espírito da lenda a sobreexistir. De qualquer maneira, quando estiver pronto, coloco aqui umas fotos minhas, nu talvez não mas nunca se sabe.

O meu nome é Ricardo Gonçalves, também conhecido por Reichard (talvez mude legalmente o meu nome para este), tenho neste momento 17 anos (embora que seja relativo, já que em Mercúrio teria uns 300 e em Plutão, agora despromovido, ainda não teria 1) e vivo na grande e gloriosa cidade de Almada (a grande mina de ouro por onde sairá O Encoberto).

Em termos físicos, tenho á volta de 1 metro e 80, cerca de 75 Kg, pele extremamente embranquecida (á excepção dos braços e pernas, já que eles são os únicos a apanhar sol), músculos na minha opinião razoáveis e pelos por todo o corpo (embora seja normal nesta idade). O meu rosto é praticamente uma imagem gémea do Gendo Ikari. Ou melhor, isto era o que diria se não me visse ao espelho e visse as parecenças. A única coisa de diferente entre uma possível fotografia minha e esta imagem será a existência de um bigode. De resto, óculos, barba, queixo, franzir, até a personalidade é praticamente idêntica à dele.

Em termos de amores, ainda não encontrei a minha ursinha com quem me possa enroscar, mas as portas por enquanto estão semi-abertas; eu abro-as, o louco……bem, é louco. Penso que seja bom amante, para isso julguem os meus posts.

Neste momento estou na separação de um processo extenuante de 11 anos (o 3º saltei-o) que culminarão na minha entrada para a FCT, a Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa e a minha (infeliz) saída da Escola Secundária Emídio Navarro. Penso tirar o curso de Engenharia Civil, para que no futuro, junte um de Arquitectura á mistura e depois, tendo já esquadro e compasso, a União se possa cumprir.

O louco provavelmente já está comigo desde o inicio dos tempos, mas só dei conta dele, ou ele só se mostrou, quando vi a luz. O louco, se o quiserem chamar como tal, é uma fracção da minha mente dedicada á procura do que está alem da luz, e é composta por uma série de alter-egos e pessoas de naturezas todas diferentes. Em suma, o louco é metafisicamente transcendental. É o resultado do poder colossal da União e é algo que nunca irá morrer, mesmo apunhalado, crucificado, rasgado, despido, violado, cortado, envenenado, bla bla bla Whiskas Saquetas.

As “Reminiscências do Louco” são aquilo a que podemos chamar de voz. E uma das miríades, das inúmeras, dos gogolplexes de maneiras que ele tem para comunicar. Podem considera-lo como escrita conjunta, o que pensamos os dois escrevo eu, se ele for vontade e com ele que consigo ainda escrever ás uma da matina.

Por acaso, aquilo que me passou pela cabeça enquanto escrevia grande parte deste posts nem cheguei a publicar. Desde ás irreverências mais insignificantes até ás fantasias mais estranhas e atraentes, tudo pode aparecer enquanto escrevemos isto tudo. Se gostam desta mescla de escrita ricardanica + Pessoa + Saramago + Gibberish + bla bla bla Whiskas Saquetas (com Soylent Green), agradeçam ao louco e apertem-lhe a mão. É só chegar ao monitor e a mão aparece, já deu no Fringe, mas essa não era a mão dele.

O urso e provavelmente a parte mais importante desta Pseudoautopsicografia. Para já, foi ele que me convenceu a criar este blogue e é em nome e honra dele que o titulo existe. Astronomicamente, sou Touro (nasci em Abril), o que até adequado. Não se há de notar que há em todo o lado um sentido de destino? Para ser Tauren nasci Touro, para me parecer com o Gendo Ikari ele existe e também já me pareci com o Shinji, acho que na idade dele. A ideia de destino está onde quer que procuremos. Mas ajuda imenso que ele apareça, não que nós o procuremos, a lenda existe porque existe mesmo que nós não.

Então este é o Grande Urso, em toda a sua grandiosidade:

Reichard, depois da Maiden of Virtue ter caido

Reichard, depois da Maiden of Virtue ter caido

Devia ter arranjado uma screenshot melhor e mais recente mas estranhamente nunca tirei uma screenshot de mim só. Talvez seja o resultado de estar numa Grande Guild, a For The Horde.

Eu sou, para toda a vida e mais alem e até ao fim dos tempos, um Horde. E só depois um Tauren Druid. No World of Warcraft sou Reichard, Tauren Druid nível 70 (aquando da bela Burning Crusade), líder da Grande Guild For The Horde, líder incontestado da Horde do XCLA, futuro líder da Alliance (como Horde sempre), Grande Engineer e Grande Leatherworker, Grande Gladiador e finalmente Grande Urso.

Tenho de agradecer em grande destaque ao Tiago, que me incentivou a jogar WoW e digamos, foi o meu 1º mestre, o jogador Kalleanor Orc Warlock que ajudou a minha ascensão. Durante o inicio, estive na Guid Samurais, então liderada pelo Kihiro, outro grande jogador Blood Elf Frost Mage e grande gladiador também, embora que na altura eu ainda não passasse de um jogador comum. O mundo onde estava desmoronou-se, no entanto, antes de poder ter feito algo relevante. Sendo Exilado de um mundo, mudei-me para outro que também se desmoronara. Aqui acaba a lenda dos Samurais e o meu legado com eles. Voltei ao novo mundo formado do primeiro, mas depressa voltei-me para as colinas verdejantes do XCLA. Foi lá que o Lostsoul, companheiro Samurai, me indicou uma guild, a Brotherhood of Pain. Fiquei fiel até á fusão das duas maiores guilds na For The Horde. Como líder da guild ficou a Sofs, que depois abandonou as costas por causa do mestrado (compreendo-a). Fui eleito como Lider da For The Horde e, sendo líder da única guild Horde, torno-me líder da Grande Horde.

O conhecimento que ganhei nos quatro mundos permitiu-me tornar mestre de praticamente tudo o que há a respeito dos Druids Tauren. Sempre fui fiel a ser Feral: esta-me codificado no sangue, embora que no inicio foi mais de necessidade dos Samurais terem um tanque do que por escolha, só depois é que me tornei, de livre vontade, num Feral Druid. Raramente desviei-me de ser Feral, embora que já tenha experimentado todas as demais formas. De tal modo que criei uma guia (agora provavelmente desactualizada) sobre tudo o que há sobre os Druids Feral em honra do que fiz para a For The Horde.

Se conseguirem distinguir da screenshot, na altura da Burning Crusade tinha muito bom equipamento. Em Outlands consegui arranjar algum de quests, mas as mais valias são aquilo que consegui produzir com Leatherworking (os cintos, as calças, que troquei pelo S4, as braçadeiras, o chest, que troquei pelo Embrace of the Everlasting Prowess) e com Engineering (os Quad Deathblow X44 Goggles). E também não me posso esquecer das Cartas de Madness e Vengeance. Arranjei tudo isto com força, suor e sangue meu. As únicas coisas que não pude arranjar foram os Staffs: o Stanchion of Primal Instinct e o Windfury Greatstaff (antes o Earthwarden).

Na altura tinha uma talent build que estranhamente era proficiente tanto para Tanking como PvP. A única coisa que mudava era uns pares de items, como os staffs, e podia passar imediatamente para outra situação. Como Grande Urso penso que tinha naturalmente 22k de hp, embora que se tivesse o Naturalism ligado, teria á volta dos 25k. Nunca me fartei de tankar: é como entrar num universo á parte onde andamos á pulha contra todos e quaisquer bosses que existem. Infelizmente temos defeitos, como o mais notável: não temos escudo e Crushing Blows são……bem, CRUSHING. Não levava criticals pelo menos.

Sempre andei a dizer, em todos os canais para acharem um substituto para mim. Até agora e pelo que sei, ninguém se presentou. Quero-me reformar e passar a vida a devorar allys atrás de allys com as minhas mandíbulas poderosas de Grande Urso. Mas eles querem-me por a devorar carne rasca de Bosses. Fazem-me lembrar os políticos: dizem que nos podemos reformar aos 60, afinal é aos 65, ou esperem, lá mais dai a 2 anos vai ser para 70……Afinal quando é que me reformo?

Andei de férias pelo mundo do WoW porque fiquei sem net durante 6 meses e os PC’s da escola….bem, não se conseguia instalar o WoW sem que alguém desse conta. No entanto, fiquei sempre em contacto com a guild, como é o dever do líder.

Não me vou despedir, mas esperem, isto não é uma despedida?

Anúncios

21 comentários

  1. jordao said,

    Lamento informar, mas és um grande anormal e nao devias ter direito á vida reichart…
    os teus posts sao uma anormalidade absoluta e de nada servem ás pessoas que ca os vêm ler.
    Merecias levar uma grande vergalhada nesses cornos de burro!

    • reichardkaigun said,

      Bem, acabei de por os óculos de intelectual e deste modo começo a refutar tudo o que aqui escreveste.

      Em primeiro lugar, não forço ninguém a ler ou a sequer descobrir este blogue, portanto suponho que veio até aqui de tua livre vontade. E foi com vontade que leu o titulo dos posts e também os seus conteúdos. Se são anormais ou não, isso dependerá de ser para ser, mas assim há que se investigar porque, no meio da noite (0:00 que o seu comentário foi publicado), é que decidiu começar a ler um blogue cujo nome lembro ser “do Grande Urso”.

      Em segundo lugar, e se fizessem o esforço de começarem do inicio, veriam de que tratava este blogue…e agora por cortesia profissional lembro-vos do que tratava: comecei este blogue como tentativa de apurar os meus inúmeros defeitos léxicos na área de Português antes do Exame Nacional da 1ª fase; depois evoluiu para uma espécie de diário online, respeitando o sentido da palavra Blogue, que também devo ter explicado nesse 1º post.
      Portanto, se não servem as pessoas que cá os vêm ler, não haveria interesse de os ler, pelo que, havendo leitores, haverá razões para as quais elas ainda leiam. Como não fiz este blogue para servir alguém a não ser eu próprio, considerem-se felizes de estarem a folhear o que eu sou (ou o que percebem que eu sou).

      Em 3º lugar, isto é um local onde gostaria sinceramente de que, com maneiras e boa educação se expressassem as ideias. Não aconteceu. Porque não apaguei o teu comentário, meu caro? Respeito a liberdade de expressão e também, com tanta controvérsia, só mostra o caracter único desta obra ainda por começar.

      Finalmente, enganaste-te no nome, é Reichard, não Reichart (nota o t)

      “You can’t just ask customers what they want and then try to give that to them. By the time you get it built, they’ll want something new.”

  2. Anónimo said,

    Não interessa quem sou ou porque estou a comentar isto, apenas estou a comentar algo que li de livre vontade mas que acho completamente ridículo. Sou teu colega de curso e para mim este blog não tem sentido nenhum, tudo o que escreves é apenas uma forma de exibires a tua fantástica inteligência que, no fundo, não passa de normal. Nas aulas dá bem para perceber que és muito diferente lol, quando falas sozinho para a tua matemática ou apontas o dedo para o livro, nada contra, mas a maneira de te exibires aqui no blog como sendo diferente e superior a todos os outros é deveras irritante. Btw, a margem sul é mesmo um deserto e Almada é extremamente horrível, respondendo ao teus comentários sobre alfacinhas e alfaces, se falas assim é porque não conheces Lisboa.

    • reichardkaigun said,

      Pá, e verdade que não conheço Lisboa, mas o facto é que também provavelmente não conheces Almada.
      Este blogue é apenas uma das minhas muitas facetas, portanto se aqui te irrito, é porque não te irrito nas aulas. Acho que já me expliquei lá atras e portanto nem me vou dignar a responder mais a comentários deste tipo.

      P.S.: não usei a palavra inteligente ou esperto em qualquer dos meus posts em que me refira.

      P.S.S.: Só para completar, agradecia que este tipo de comentários parasse, já que se determinou que opiniões são opiniões.

      • Anónimo said,

        Por acaso conheço e muito bem, um conselho, visita Lisboa, porque não te vais arrepender. Quanto ao resto, não te queria ofender, mas não dou mais a minha opinião.

  3. reichardkaigun said,

    Terei de ir visitar um dia, se de facto quero provar que Almada é melhor que Lisboa (tenho os meus preconceitos e as minhas ideias de que podiam ter feito coisas muito melhores com Lisboa do que está agora).
    Estou um pouco habituado à ideia de que só vem ao meu blogue para se queixarem do que faço (como também acho que todos os portugueses fazem), portanto já fiquei um pouco farto de estarem-me a chatear um pouco por causa disso mas pronto, não posso alterar quem eu sou aqui.
    Critica à vontade, só assim è que avançamos.

  4. prelimpimpi said,

    Grande Urso, este blog é metaforicamente falando, atirar merda à cara de quem lê isto.

    já agora, lava o cabelo e toma uma banhoca sff

    sugestão: (http://www.hipersuper.pt/wp-content/uploads/bric/7160/0/Linic.jpg)

    • LOL said,

      LINDO totalmente apoiado

    • Abuso said,

      Não tipo, só abusaste. WIN

      • reichardkaigun said,

        Bem, eu realmente estou com pouca paciência para aturar miúdos que usam net da Telepac.
        Arranja uma vida rapaz, por essa razão não tenho vindo cá há algum tempo.

        EDIT: Arranjando um pouco mais de tempo para dar uma resposta infrutífera a um publico que não o lê… Comentas a um post que foi escrito há 2 anos; infelizmente não mostra data, mas podias muito bem ver pelo 1º comment a este post, datando de 2009. Crusada admito o meu erro, mas inspiro-me muito no inglês -> Crusade : Crusada. Considera-o um erro artístico.
        Se me riria olhando para trás, digo-te o seguinte: qualquer criatura (não falo de homens ou pessoas que são na prática coisas diferentes, basta ver um livro de Filosofia para perceber que uma pessoa tem inerentemente uma dimensão social e moral resultante da sua interacção social) segue um caminho. Todas as decisões que dita criatura faça são pensadas e encaradas seriamente. Logo, se me riria do que fiz atrás, penso que não. Um homem não se devia arrepender do que faz.

        Outra vez e olhando para o teu post censurado, não tenho de aturar crianças que não dão o seu nome nem o seu e-mail ao postarem aqui. Apenas o faço (e quando posso) porque aqui no fundo tenho uma réstia de esperança que lendo isto ganhem juízo e, enfim, cresçam. Já o fiz há bastante tempo, ainda não percebo porque não o fazem.

  5. Tiago said,

    Bah, que dizer… Haters will hate. Há muita gente que leva a internet demasiado a sério…

  6. MonteDeMerda said,

    Dace, riu-me mais com estes comentários de merda do que com a merda que tá por aí escrita nesse blog xD

  7. Kihiro said,

    Aloha!

    Descobri por acaso este blog, fico contente por haver ainda memórias dos samurais.
    Um grande abraço para ti e a ver se nos voltamos a encontrar online.

    • reichardkaigun said,

      Ya, igualmente. Passou muito tempo desde que nos vimos pela ultima vez, ainda no Salir…

  8. Matos Junior said,

    Gostei muito do seu blog, quer entrar no ocasional? Me manda um email no ocasional87@yahoo.com.br para mais informações, Abraços

  9. fertar said,

    n percebo pessoas como voces crl! alguem vos obrigou a ler isto? FDS voces metem nervos como o crl…

    • Kihiro said,

      fertar, já dizia o velho que viva debaixo da ponte “quem não gosta que não coma!”

  10. O JOAO said,

    Reichard es gay?

  11. O JOAO said,

    Quem quiser bater neste cabrao terça feira as 12 na FCT a porta do 7! vamooo lá gente

  12. pedro antunes said,

    olá grande urso gostaria de em primeiro lugar elogiar a qualidade da tua escrita de facto escreves quase tão bem como o Miguel torga.

    Um abraço deste teu fã

    • reichardkaigun said,

      Bem, lá gosto de elogios 😛

      Mas eu disse que ia começar a censurar…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: